O curso Pró Universidade, ferramenta de acesso ao ensino superior gratuito e de qualidade, prorrogou o prazo de inscrições e entrega de documentos para o dia 19 de Junho

Os interessados terão mais uma semana de oportunidade para participar do processo seletivo. O curso é gratuito e destinado aos alunos da rede pública estadual de ensino de Santa Catarina.  A seleção será feita por meio da análise do histórico escolar de cada aluno, não sendo aplicada nenhuma prova ou exame.

O programa oferece aulas preparatórias para os vestibulares da UFSC, UDESC, IFSC, UFFS, IFC, Acafe e ENEM, visando, inclusive, o acesso ao ensino superior em instituições privadas por meio dos programas federais ProUni e SiSU.

Os alunos podem se inscrever até o dia 19 de Junho, no site www.prouniversidade.com.br. A documentação deverá ser entregue nos endereços especificados no edital, no dia 19 deste mês, ou poderá ser enviada pelos correios, com postagem também até 19 de junho. Os estudantes que já realizaram sua inscrição e não encaminharam os documentos poderão mandar sem a necessidade de fazer uma nova inscrição.

Para participar do processo seletivo os estudantes devem ter cursado o primeiro, o segundo e estejam cursando o terceiro ano do ensino médio em escola pública estadual e ter disponibilidade para frequentar o curso de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h30min, nas escolas das cidades sede onde o curso é oferecido. As aulas iniciam no final de junho e seguem até dezembro. 

“O curso transforma sonhos em realidade. Há 12 anos incluímos os alunos de Santa Catarina no ensino superior com qualidade, pois nosso programa conta com uma equipe de educadores especializados e a melhor tecnologia disponível no mercado”, comenta o coordenador do Pró Universidade, Otavio Auler.

O Pró Universidade é o maior curso preparatório público e o que mais aprova no Brasil. O projeto tem o apoio da Secretaria de Estado da Educação e do Governo do Estado de Santa Catarina.

Conheça as cidades sedes do Pró Universidade:

Araranguá, Balneário Camboriú, Biguaçu, Blumenau, Chapecó, Florianópolis, Garopaba, Joinville, Lages, Mafra, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, São José e Xanxerê.

Por - ASCOM/SED